Garota Problema


Isso se chama vida
1 de outubro de 2012, 13:30
Filed under: Uncategorized | Tags: , , , , , ,


Sabe quando tá tudo ruim e parece não existir mais fundo do poço do que aquela situação que você está? Daí você vai dormir chorando, pensando onde foi que errou, tem uma insônia porque parece que os problemas são casos sem solução?

Daí passa um dia ou dois e você recebe um email, SMS, telefone, telegrama, WHATEVER, que muda a sua vida, sua situação e fica tudo bem novamente. Isso se chama vida.

Viver nunca foi fácil, como diriam os Ecos Falsos. Tem gente que sobrevive e isso não deve ser muito legal. Legal mesmo é mostrar pro outro como você está feliz, com as roupas da moda, ouvindo a banda do momento e indo na balada mais descolada.

Mas às vezes tudo o que você quer é ficar em casa, de pijama, assistindo Friends e comendo uma deliciosa comfort food. Então fica!

Olha só, ninguém paga suas contas (e se alguém paga, daí ela até tem o direito de reclamar sobre a sua vida) então vai viver. Faça o que te deixa feliz. Descubra o que te faz bem. Se alguém fala que você é uma pessoa chata porque não gosta de ir pra balada, manda essa pessoa catar coquinho na praia e seja feliz na sexta à noite vendo seu filme predileto em casa, comendo pipoca e tomando vinho.

Amigos, a vida não é bolinho. Não é fácil, nem pudim. Não tenta ser quem as pessoas querem que você seja, só pra estar por dentro. Se você curte o sneaker, usa o sapato que muitos consideram feio, se você curte saia mullet, seja feliz usando essa peça que eu pessoalmente acho uma catástrofe fashion. Mas e daí? Quem curte isso é você!

Seja feliz para você e você será feliz eternamente. Seja feliz pros outros e você nunca alcançará a plenitude.

E não leve nada tão a sério: desde a vida até esse texto.



Quando a vida muda assim…do nada!

Não é engraçado como a vida segue? É uma montanha-russa incomum: com seus altos, baixos e suas partes retas.Dai que um dia você, desanimado de tudo, recebe um telefone que faz a sua vida mudar. Você se organiza para atender o chamado desse telefonema e PAM! Pronto, já era…mudou. Ou ainda você manda um email pra alguém, essa pessoa te responde e PAM! muda também.

Cada um tem a sua situação de mudança. Pode ser boa ou ruim (e isso depende de pontos de vista também). Pode ser que a sua vida esteja estável até que você conhece a pessoa dos seus sonhos. Daí tudo vira um filme romântico. Você vai dormir sorrindo, recebe um sms no meio da noite e não liga, vai trabalhar sorrindo e anda pisando em nuvens. Pode ser que você esteja no fundo do poço, sua vida não vai bem, as contas parecem nunca acabar, só o dinheiro, e daí você recebe uma proposta de emprego! Não é um máximo?

Eu tenho uma teoria de que tudo se compensa. Os momentos felizes são proporcionais aos tristes e aos estáveis (onde nada parece acontecer). Realmente acredito nisso. Acontece que a gente só curte, literalmente, os momentos felizes. Não estamos acostumados a curtir a fossa, ou pensar positivo. Seu copo tem que estar metade cheio. Ser otimista é ótimo, atraí bons pensamentos e você fica propenso a “curtir” a fossa. Não que pra isso tenha que ficar feliz por estar naquela situação ruim, mas por saber que depois daquilo tudo vai mudar e que alguma coisa boa está por vir.

E a coisa boa também não precisa ser necessariamente aquilo que você espera. Quando se quer romantismo, pode vir reconhecimento profissional; quando se quer um emprego, pode ser que você finalmente tenha conseguido chegar no seu peso ideal. Pode até ser que você espere uma promoção e ela venha, não é mesmo? Mas essas coisas são incontroláveis, felizmente. Imagina se a gente controlasse o que a gente quer que aconteça, tudo seria tão blasé.

Fazer a vida mudar assim…do nada, só depende da gente e do nosso otimismo. Claro que capacitação também…e outras coisitas más. Levante com o pé direito, sorria e faça do seu dia o melhor. Se ele não for o melhor, que venha o de amanhã!