Garota Problema


Exercício matinal

Ultimamente eu tenho acordado mais cedo só pra poder me arrumar melhor. Tem gente (MUITA gente) que acha isso uma futilidade sem tamanho, principalmente porque eu poderia dormir um pouquinho mais, colocar qualquer roupa e sair de casa. Bem, eu já fiz isso e durante muito tempo. A conclusão que eu cheguei foi que o meu dia fica muito melhor quando eu me sinto bem comigo mesma, principalmente quando vou ao banheiro, me vejo no espelho e me acho bonita. Mesmo estando acima do peso, mesmo estando com o cabelo desbotado e a raiz crescendo, mesmo estando na TPM, mesmo qualquer coisa, eu saio de lá e volto pra minha mesa me sentindo infinitamente melhor e mais poderosa.

Não ligo para quem acha isso uma futilidade. Não ligo de gastar minha maquiagem para vir trabalhar. A sensação de chegar em casa, depois de um dia exaustivo, mas ter ouvido vários elogios é maravilhosa. Adoro quando minhas amigas comentam sobre meu sapato, minha blusa, maquiagem, bolsa, acessórios, esmalte. Adoro falar sobre isso, dar dicas, inventar. Adoro também acordar, abrir meu armário, sentar na cama e montar um visual. Adoro ver minha pasta de inspirações no iPod pela manhã.

Às vezes eu quero me vestir como uma bailarina moderna, outro dia eu sou uma grunge suja e no dia seguinte eu me inspiro na linda e clássica Coco Chanel. É uma delícia se permitir ser quem você quiser, quando quiser e de acordo com o seu humor e vontade. Brincar com as minhas roupas e acessórios é um exercício que eu tenho procurado fazer todos os dias.

Claro que tem dias que eu acordo me sentindo horrível, (mais) gorda, uma monstra. E se o dia está num clima ameno, eu já fico feliz o suficiente só por poder usar minha comfort clothe. Isso é um termo que eu inventei para aquela combinação de roupa que cai como uma luva pra você, principalmente nos dias em que você acorda sem vontade de viver. A minha é legging e uma camisa masculina xadrez, roubada do meu pai. Pronto! É como se eu ficasse mais leve na hora, pois me sinto bem comigo mesma, me acho bonita e minha confiança é recuperada na hora. Ultimamente também ando pegando as camisas do namorado. Como não gosto de calor, ainda não descobri uma comfort clothe para os dias mais quentes, mas eu ainda chego lá.

Eu acho que esse negócio de começar a me arrumar antes de sair de casa foi culpa de uma amiga (te dedico, Vanessa!) que me disse que não saia de casa sem maquiagem e que se não desse pra se arrumar antes de sair, se arrumava no ônibus/metrô ou até na mesa do trabalho. Bem, eu sempre andei com uma nécessaire dentro da bolsa, caso surgisse alguma coisa pra fazer de última hora, e agora ela está sendo usada mais do que nunca. Porque claro, tem dias que eu aperto o botão de soneca e quero só mais 10 minutinhos na cama.