Garota Problema


Belly 8 anos
14 de setembro de 2009, 09:30
Filed under: cotidiano | Tags: , ,

Assim como toda mãe coruja, eu sou vidrada nas minhas pequenas poodles. Que só são pequenas porque são cadelas. E como eu fiz um post especial pra Bianca, não podia deixar de fazer um pra minha outra princesinha.

Belly Christina completa hoje 8 anos. E eu vi essa coisinha nascer, sabe? Ela nasceu no quarto dos meus pais e era a mais feinha dos filhotes. De tão gordinha, mal conseguia andar, se arrastava pelo chão, e era egoísta também, não deixava seus irmãozinhos mamar, queria tudo pra ela. Como ninguém a escolheu, o destino escolheu ela pra gente e eu a nomeei de Belly, porque, sei lá, achei um nome bonito.

E ela tem vários apelidos: Bebê, Bel, Bebel, Belzinha, Florzinha, Princesa…e vai. A Belly é muito mais apegada à minha mãe, é o grudinho dela. O que me encanta nessa pequena é que ela sempre se incrimina, não importa se foi ela ou a Bianca que fez bagunça, ela sempre vai se entregar.

belly

Anúncios


Happy Birthday
15 de julho de 2009, 22:11
Filed under: cotidiano | Tags: , ,


BeancaMarie

Upload feito originalmente por Camila Santana

“Duas jaboticabas, uma ameixa preta, um pedaço de presunto e um monte de algodão. Quem é? É a Bianquinha!”; Nhom.

Eu posso ser uma idiota por inventar uma música pra uma cachorra que não vai entender o significado. Mas sério, eu vejo nos olhinhos dela que ela gosta quando eu canto. <3

Amo muito meu bebê. 9 anos de muito amor da Bibi em nossas vidas.



Amor não se compra
15 de setembro de 2008, 03:10
Filed under: altruísmo | Tags: , , , , ,

Em 2000 eu ganhei a Bianca. A Bianca ganhou esse nome 2 dias depois de chegar aqui em casa, eu olhava pra ela e falava ‘Bianca’ e ela me olhava com os olhinhos de criança (cachorro) danada que sempre teve.

Mas a Bianca não foi doada nem adotada (de certa forma foi adotada, né), mas a gente comprou. Meus pais pagaram por ela, pagaram como se fosse um produto, mas a Bianca é uma cachorra. Uma poodle, lindinha, que corria pelo corredor atrás de uma bola vermelha enorme que eu tinha. claro que a Bianca acabou furando a bola.

Em 2001, Bianca ficou prenha e colocou no mundo 4 lindos filhotinhos. Que eu doei para pessoas próximas, amigos e parentes, mas nós ficamos com um. Essa é a Belly, que fez 7 anos ontem por sinal. A gente não teve coragem de vender, primeiro porque nós escolhemos pessoas próximas para sempre manter contato; segundo porque amor não se compra, se conquista.

Então eu, como vegetariana fervorosa, amante dos animais vivos, fiquei comovida quando vi nesse blog um post sobre uma MEGA feira de adoção. Não pude evitar de vir postar sobre isso.

Para quem mora em Curitiba e tem muito amor para dar para um cãozinho, dê uma passada no Museu Oscar Niemeyer, que fica na Rua Marechal Hermes 999, em Curitiba. O evento começa as 10h e vai até as 17h do dia 28, um domingo. Toda a renda arrecadada será revertida para manter ações desse gênero. Todos os cães são castrados e vacinados.

Acho genial esse tipo de coisa. É uma ação tão altruísta, tão boa e faz milagres! Então não custa nada dar uma passadinha, adotar um cachorrinho (ou cachorrão) ou fazer uma doação.

Quem quiser, pode ajudar divulgando no Twitter ou no blog pessoal! Vamos espalhar pra galere!